Seguidores da Pimentinha Brasileira:

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Traição tem perdão?

Posted by Picasa

Quando a traição acontece, perdoar ou não se torna o maior dilema. Ser traída é uma experiência que, convenhamos, ninguém gostaria de ter. Porém, quando a traição acontece, uma pergunta se torna inevitável: traição tem perdão? Mesmo em meio à dor e a frustração, é preciso dar um tempo para tomar a decisão certa. E embora a vontade de jogar tudo para o alto seja maior, é importante não se deixar levar pelas emoções e saber utilizar seu lado racional para escolher entre perdoar ou terminar a relação.

Esfrie a cabeça e reflita se vale a pena perdoar. Lembre-se que perdoar não é relevar e sim esquecer totalmente o ocorrido. Afinal, é preciso saber lidar com a situação de continuar a conviver uma pessoa que te enganou e fez sofrer sem guardar ressentimentos, muito menos jogar a culpa no parceiro o tempo todo.

Se não conseguir perdoar ou perceber que a pessoa não faz por merecer, pode ser que o melhor seja terminar. É normal que a auto-estima da pessoa traída fique abalada e haja certo receio em entrar em outra relação, mas ser traída uma vez não significa ser traída sempre.

Saber o motivo que levou ao erro ajuda a superar uma traição, mas o primeiro passo para o perdão é querer perdoar. Se você considerar que foi apenas um deslize e a relação é capaz de fazer com que você supere a dor, encare a traição como apenas mais um obstáculo a ser vencido.

Apesar de todo o sofrimento, a traição quando perdoada pode ser uma oportunidade para que os dois cresçam e se tornem mais cúmplices um do outro, pode acabar fortalecendo o relacionamento. No entanto, reconstruir a confiança pode ser um processo lento e que exige dedicação de ambas as partes.


Por Deborah Busko
Fonte: [Dicas de Mulher]

Encontrei aqui:

http://www.donagiraffa.com

6 comentários:

Guará Matos disse...

A análise da Débora tem coerência e é por aí mesmo.
Mas quem sente é que pode tomar a decisão.
Se for um casal liberal e de cabeça a aberta pode partir para outras transas, juntos. Aí não seria trição e sim dividir o parceiro e obter também vantagens prazerosas.

Bjs.
____
Querida Pimentíssima seu tempero faz falta "lá em casa", pode crer.
Bilhões de mais beijos.

Anne Lieri disse...

Eu acredito que quando se tem filhos,o perdão deve acontecer.Eu perdoei meu primeiro marido e hoje somos amigos e ele tornou-se um pai mais presente.Eu perdoo,sim!Bjs,

Miguel Eibel disse...

Boa tarde!
Muito bom o texto!
Parabéns!
Eu creio que cada caso é um caso e em briga de marido e mulher ninguém deve meter a colher...!!!
Tudo de bom!


http://migueleibel.blogspot.com

Rosa Carioca disse...

Assunto muito delicado! Depende muito de cada situação, de cada caso,... enfim.

Wanderley Elian Lima disse...

A traição é sempre um problema , pois mesmo que haja o perdão sempre ficará a desconfiança, e amor sem confiança não sobrevive.
Abração

Andrea Pagano disse...

Olá Soninha!

Achei esse texto bem maduro e realista, pois acredito que há casos e casos e aqui ela soube bem dosar a coisa para que possamos usar de certo modo, a razão, do que o coração...

E olha que nestes casos é bem difícil!

Bjs e ótimo feriado para vc.

Evite as drogas!

Evite as drogas!
Não fume!!!

Ajude a divulgar: os animais agradecem!

create your own banner at mybannermaker.com!

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!