Seguidores da Pimentinha Brasileira:

sábado, 17 de dezembro de 2011

Fala a verdade, vai?


Olha, é tudo mentira. Tudo isso que dizem, que você lê, ouve, vê, nada disso é verdade. E você sabe que não é. Você vai lá e consome justamente porque não é verdade. Como ouvi de um taxista outro dia 'a vida é dura e por isso a gente quer fugir da realidade vendo TV'. O problema é que mentira vicia e depois você já nem sabe mais a diferença entre uma coisa e outra.
Vou dar um exemplo. As pessoas gostam de aparecer. Gostam muito. Todo mundo gosta. Durante muito tempo as pessoas fingiam que não gostavam ou apenas se conformavam porque não podiam, não tinham ferramentas para tal. E aí veio a revolução digital, as câmeras baratas, a Internet, o YouTube. E o que aconteceu? Todo mundo quer ver e ser visto. Se você achava que era só aquela sua prima que era exibida, você se enganou. Ela é, sua tia é, você é, eu sou, somos todos. Exibidos e exibicionistas. Quem tem mais pra mostrar quer ficar mais tempo se mostrando, que não tem também quer tentar, quem acha que tem não sai diante da câmera.
Sabem quantos vídeos são vistos todos os dias no YouTube? 4 BILHÕES. Isso, não são milhões, são 4 bilhões mesmo. Em outubro mais de 200 bilhões de vídeos foram assistidos por 1,2 bilhões de pessoas. Sim, tem MUITO conteúdo de TV, clips de música, mas tem MUITOS vídeos de pessoas que querem compartilhar, exibir, experimentar.
Eu não estou dizendo que é errado ou certo, estou dizendo que É assim.
É a verdade. O ser humano é exibido por natureza. E carente, ambicioso, vaidoso. Todo mundo quer aplauso, quer aprovação. Todo mundo.
Só que essa exposição vicia. E muito. A pessoa vê que tem gente assistindo e fica excitada por saber que está sendo 'olhada' e vista. Então ela quer fazer mais. O que ela não percebe é que as pessoas não estão 'viciadas' nela, ELA é que está viciada em se exibir! Só que ela não diz a verdade. Ela, a pessoa, nunca diz 'eu sou exibida, gosto de aparecer e quero ficar famosa'. Ela diz 'eu faço isso para meus fãs', 'as pessoas pedem, então eu atendo'. Tudo mentira. Mentira, porque não é por causa disso que ela faz. Ela faz porque ela quer, precisa.
Claro que nem sempre é assim. Uma pessoa pode dar aulas, cantar, entrevistar, fazer dancinhas, fazer um tutorial, qualquer coisa em vídeo. Mas tem gente que mostra um assunto e tem gente que apenas se exibe.
Quem só se exibe acha que qualquer assunto vale a pena contanto que seja ELA falando do assunto.
Quem tem algum conteúdo sabe que é apenas um agente dessa conteúdo e o que vale é O QUE ela vai falar.
O problema das pessoas viciadas em exposição, do tipo que se acha importante para todos, que acha que se ela não se exibir o mundo vai ACABAR ( porque né, quem pode SOBREVIVER sem UMA pessoa ou UM canal de vídeo com TANTAS opções?) faz o mesmo ciclo da droga, da cocaína, do crack.
Ela começa se exibindo. Aí se vicia. E precisa se expor cada vez mais. Só que, como o assunto é sempre ELA, o assunto vai se acabando. E aí ela começa a mostra o pé, a mão, o cabelo, a boca, os dentes, o umbigo. O peito. Faz um strip. Faz vídeos bêbada. Ela vai seguindo a curva da droga, precisando cada vez de uma dose maior para um efeito menor. Até que ela SE ACABA. Ela acaba, o assunto acaba, tudo acaba.
E o que acontece? O desespero. Aí a pessoa começa a topar qualquer coisa pra conseguir um mínimo.
Mas ficou combinado em algum momento que ninguém diria nenhuma verdade. A gente finge que faz isso porqque 'os outros pedem', para atender os 'fãs'.
Mas só pra dizer outra verdade, é implicância minha mesmo, essa mania de querer ficar analisando tudo. Outra verdade é que não é inveja, porque a gente inveja o que a gente não tem e eu tenho câmera, celular e tudo o que todo mundo tem pra fazer vídeos, que aliás, eu faço sempre há muitos anos. Mas sempre penso no motivo que me leva a fazê-los. O que eu faço no Rosana Indica? Eu vou passar um conteúdo ou eu quero aparecer? Quando entrevisto alguém eu vou tirar informação da pessoa ou eu vou ficar mostrando que eu sou engraçadinha ou inteligente? Penso em tudo o que faço e nem sempre tenho orgulho de mim, principalmente quando meu lado exibido está exacerbado. Acho doentio isso.
Assim, convido você a olhar as mesmas coisas que você olha, ler os mesmos textos que você lê, acompanhar os mesmos vídeos e programas, mas fazendo a pergunta:
- essa pessoa quer ME trazer alguma informação ou conteúdo ou ela quer SE exibir pra mim? Se for PRA mim, eu quero essa informação? Se ela quer SE exibir, eu quero ser plateia pra vaidade dela?
Cada um pode e deve fazer o que quiser, inclusive mentir ou se enganar. Mas é melhor não ser enganado. É melhor viver a verdade, mesmo que seja só num pedacinho do mundo ou só na sua casa, ou só pra você mesma.
Porque se a gente perder totalmente o contato com a verdade num mundo tão cheio de mentiras e hipocrisias, aí a gente passa a ser só isso, mais uma ilusão nesse mundo de faz-de-conta.

Texto de Rosana Hermann



2 comentários:

Mimirabolante disse...

kkkkkkk..................

LUCONI disse...

ADOREI EXCELENTE beijos Luconi

Evite as drogas!

Evite as drogas!
Não fume!!!

Ajude a divulgar: os animais agradecem!

create your own banner at mybannermaker.com!

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!