Seguidores da Pimentinha Brasileira:

sábado, 10 de março de 2012

Optar por não comer animais é radicalismo?????



As pessoas têm opiniões diferentes. E a gente deve respeitar da mesma forma que queremos que respeitem nosso ponto de vista.
Há algumas pessoas criticando os vegetarianos nas redes sociais, pois animais devem servir de alimento, que a Bíblia já diz isso, que é radicalismo, blá, blá, blá...
Não consigo entender como radicalismo quem ama os animais e decide não comê-los. O ser humano também é considerado um animal e... não o colocamos no forno. rs Ahhhhh, mas o ser humano é "superior", melhor do que os outros animais... Ah, tá!!!! Inclusive há pessoas argumentando que então não devemos comer os legumes, verduras e frutas, pois também são seres vivos. É incrível a argumentação de alguns carnívoros defendendo a opção de comer animais. Vegetais, legumes etc. são seres vivos também, mas, por favor, é bem diferente. Como alguém pode comparar animais e legumes????????


Cada um escolhe para a sua vida o que julga melhor. E todos têm o direito de dizer o que pensam. Por exemplo, não como carnes por amor aos animais e tenho o direito de dizer isso onde eu quiser. Não falo para irritar ninguém. Falo pois tenho o direito de comentar sobre isso.Assim também em relação a qualquer outro assunto. Ninguém é dono da verdade, somente das suas escolhas.E das consequências delas.
E por amor e respeito aos animais que são torturados e desrespeitados até chegarem à mesa de quem os come, eu me nego a fazê-los de alimento, independente do que as pessoas ou a Bíblia diga, pois tenho minha opinião formada e a consciência tranquila de fazer o que eu acho correto.
Radicalismo é fazer opções sem medir as consequências, sem reflexão e achar que é dono da verdade. Optar por não comer os animais e divulgar isso como incentivo para que mais pessoas pensem a respeito é apenas um direito que deve ser respeitado sem rancor, ira ou menosprezo pelos vegetarianos.
Radical? Fanática? Como reflito para tomar decisões, não sou fanática.Minha cabeça não é fechada nem conduzida por outros. Penso, reflito, analiso e decido. Apenas amo e respeito os animais e decidi não comê-los. E sofro com a prática dos humanos de se deliciarem comendo animais para que não lhes faltem "proteína" ou simplesmente pelo "sabor". Mas fazer o quê?! Sigo fazendo a minha parte: sem radicalismo, nem fanatismo. Apenas divulgando minhas ideias. Mas não posso ser chamada de radical e fanática e não me manifestar. Creio em Deus, sou uma pessoa correta, mas não sou dona da verdade, nem melhor do que ninguém. Aliás, ninguém é. Não me acho mais santa por não comer carne. Assim como não são mais "santos" os fanáticos por religião (seja ela qual for) que vivem citando a Bíblia como se ela fosse uma bengala de apoio para suas inseguranças e frustrações. Quem é inteligente e esclarecido deve saber o que um animal passa até chegar à mesa dos consumidores. E é isso que me deixa aborrecida com os seres humanos: com a desculpa de alimento, de orientação religiosa ou seja lá o que for, os seres chamados de racionais e que se acham tão superiores a ponto de não poderem ser comparados aos animais (apesar de todo o mundo saber que o Homem é um animal), ignoram ou preferem não ver/saber o que acontece com os animais nos matadouros e outros lugares similares. Se alguns animais são carnívoros e comem outros, foi Deus que fez assim e ninguém pode mudar isso. Pois se eu pudesse, todos os animais seriam herbívoros. Mas foge da minha alçada. Mas os Homens, animais "superiores", deveriam evoluir e refletir sobre esse assunto. Sou contra toda ação que possa fazer um animal sofrer: touradas, rodeios, animais em circo, pássaros em gaiolas etc. Não posso mudar isso. Mas posso fazer campanhas e farei sempre. O que posso decidir sozinha é não comer animais e sugerir que outras pessoas pensem no assunto e, quem sabe, evoluam.
Defender animais também não significa não me importar com pessoas: crianças, velhos, doentes etc. Às vezes, algumas pessoas confundem isso. Enfim, quem disse que conviver com outros seres humanos (ou desumanos) é fácil?!





15 comentários:

LUCONI disse...

Sonia eu como carne, bovina e de frango e peixe, a bovina eu não gosto muito é mais para matar a vontade do povo aqui de casa, mas eu respeito muito quem não come carne por amor aos animais, tive problemas com uma irmã que veio a minha casa e não queria nem que eu comesse ovo, nossa ela estava no extremo, imagina que nem gelatina deixava eu fazer, bem passei as duas semanas assim não queria fazê-la se sentir mal, mas eu amo os animais sim, mas acho que a opção de comer ou não é de cada um e tem que ser respeitado, desde que não fique radical como minha irmã, beijos Luconi

✿ chica disse...

Não é radicalismo,Sonia.

É um avanço, opçãp de vida. Eu ainda como carnes, aqui em casa todos comemos, porém, respeitamos os outros.

Todos procuram o melhor pra si,não é?

beijos,lindo domingo,chica

marciagrega disse...

Como você mesma disse, devemos respeitar as opiniões alheias! Cada qual tem um nível de evolução e não podemos pretender que elas pensem igual a nós!
Creio que você não deveria ficar irritada com essas pessoas porque elas estão apenas expondo o ponto de vista delas. Se você não é fanática, ou se e, isto é um problema seu e de ninguém mais. Quem é o ser humano para julgar os seus irmãos?
Somos todos filhos de um mesmo PAI, portanto somos iguais perante Ele!
Pare de sofrer por coisas tão pequenas. Admiro muito sua luta em prol dos animais! Eu também amos todos os animais e fico maluca quando vejo alguém judiando deles. Mas como carne esporadicamente, sem culpa nem receios.
Chegará o momento em que, todos nós vamos evoluir espiritualmente e aí sim, deixaremos de comer carnes naturalmente. É a lei da vida!
Não perca suas energias ficando nervosa com coisas assim! Coloque um ponto final e tente compreender as pessoas que não pensam como você, assim como gostaria que fosse compreendida.
As vezes as pessoas falam sem pensar, no calor de suas emoções e, sem querer ferem as outras...
Beijos minha querida! E, não se deixe abater. Continue com a sua luta! Eu te admiro muito!!!

Tenha um domingo de paz!

Miriam de Sales Oliveira disse...

Amiga, n/ vejo radicalismo nisto; vejo opções.Como frango,carne (pouca),frutos do mar.
N/ sou chegada a legumes,nem verduras.Ainda prefiro um vatapá bem apimentado.
Considero terrível a crueldade contra animais,aptidão, infelizmente, desenvolvida por seres ,ditos, humanos.Adoraria saber o q/ os animais pensam deste epíteto.
Qto a botar seres humanos nos fornos,acho q/ pela má qualidade da carne e,muitas vezes,do espírito,daria uma indigestão danada. rss
Gostei da sua colocação e os animais agradecem.
bjs

Sueli Gallacci disse...

Querida Sonia!

Com essa frase: “foi Deus que fez assim e ninguém pode mudar isso”, vc endossa que foi Deus quem criou todas as coisas vivas. Essa declaração está registrada na bíblia e em nenhum outro lugar! Assim como também está registrada na bíblia a autorização de Deus para que consumíssemos carne animal.

Outra coisa que está registrado na bíblia é que o homem difere dos animais “por que foi criado à imagem e semelhança de Deus”, portanto, somos especiais, ou, pelo menos deveríamos ser. Somos considerados “animais” apenas do ponto de vista biológico, e quem chegou a essa conclusão foi o próprio homem, não há alusão a isso registrado na bíblia.

Outra coisa importante que nos difere dos animais é a necessidade de espiritualidade, além do raciocínio lógico, dom da fala e etc.

Admiro a tua luta para defender os animais, afinal, segundo a bíblia, Deus os colocou sob nossa responsabilidade, de fato eles foram criados com um “presente” muito especial para nós humanos: para nosso deleite e para nos servir de alimento. A bíblia até chega a classifica-los dessa maneira, definindo quais poderiam, ou não, servir de alimento.

Concordo com o que vc diz sobre a tortura nos matadouros, mas veja Sonia, isso faz parte da imperfeição humana de hoje, não era assim nos tempos bíblicos! Leis foram criadas por Deus para se abater um animal, foi tudo explicadinho tim-tim por tim-tim, mas quem se dispões a ler?... Também foram criadas outras leis em defesa dos animais de uma maneira geral, mas só saberemos de todos esses pormenores se nos dispusermos a ler a bíblia inteira, e buscarmos entende-la. E quem faz isso hoje em dia?... Digo sem medo de errar que são poucos. Nem mesmo aqueles que se declaram “cristãos”.

Vc sabe que eu amo demais os animais e respeito-os. Abomino quem os maltratam, e isso também eu aprendi na bíblia. Assim como aprendi a amar o próximo.

De qualquer forma, acho todo esse debate muito saldável e vc não deve se chatear com opiniões diversas. Que bom que vivemos num país democrático onde nossas ideias podem ser expostas publicamente, e onde temos liberdade de expressão, de credo e etc. Quando declaramos publicamente nossas ideias e nossos conceitos sobre esse ou aquele assunto, ficamos vulneráveis às críticas e sujeitos a encontrar pessoas que discordem de nossas teorias. Como vc mesma disse ninguém é dono da verdade.

Um beijo grande querida
Sueli Gallacci

Meri Pellens disse...

Nossa, quem se aborreceu mesmo parece que foi vc.
Desculpe se eu disse que vc não tem o direito de optar o que comer e falar sobre isso, embora não sei onde eu tenha dito isso.
Da mesma forma, simplesmente, quem come carne tem o direito de comer tranquilo e sem ser julgado como inferiores a quem não come.
Tudo que escrevi no FB não foi direta para vc somente, apenas tbm quis expor meu modo de ver e pensar motivada, claro, pelas suas contantes postagens tbm no Face constrangendo, ou no mínimo querendo fazer entender aos outros, que tbm deveríamos deixar de comer carne para evoluírmos, enfim, e demostramos assim que realmente amamos os animais.
Bom, Soninha, eu não queria que tivesse chegado a esse ponto, mas poxa, se vc pode se manifestar eu não posso porquê? Vc tbm é inteligente p saber que se vc pode eu tbm posso.
Já q a coisa saiu do face para o blog, tbm vou postar o que escrevi lá. Não disse nada demais. Apenas não quero ninguém me julgando pelo q como ou deixo de comer. Apenas defendi tbm o que penso.
Abraço.

Tais Luso disse...

Soninha:
Naturalmente quero falar por mim: dias atrás estávamos comentando aqui em casa, uma maneira de abolirmos a carne de gado completamente. Já não comemos carne de porco, coelho etc. Estamos ainda comendo o 'mínimo possível de gramas' de carne bovina. Mas é de meu interesse deixar, mudar esta cultura, pois sei da maneira que abatem os animais. Sei tudo do patê de ganso – que não como jamais! Sei como abatem os novilhos – não como nunca.
Assino embaixo de suas colocações à cerca do sofrimento dos animais, sim. E sem ofensas a ninguém, pois cada um com suas convicções.
Por amar os animais é que já tenho certas posturas: não gosto de ver peixes em anzóis; não tolero ver cavalos puxando carroças, não olho. E já vi vídeos de vários países que arrancam a pele dos animais ainda vivos (cães), todo um descaso e crueldade.
Entendo seu ponto de vista, perfeitamente. E acho válido você dar sua opinião, só que outros continuarão com a deles. É um direito. É a soberania do povo que manda, amiga. Mas também não arredo pé do que penso.
Beijo, amiga!
Tais Luso

SONINHA disse...

Minha linda Meri!
Acho que nos encontramos num momento em que as duas estavam excitadas com esse assunto tão polêmico. Vamos esquecer tudo isso, pois eu te adoro, te admiro, e desejo tudo de bom para ti. És uma mulher de fibra, uma guerreira e uma blogueira talentosíssima. Além de ser uma mulher linda. Não estou dizendo tudo isso para te agradar, não. Já falei essas coisas para ti muito antes desse "conflito".
Pensamos diferente (e daí, não é mesmo?), o assunto é bem polêmico e somos defensoras dos nossos pontos de vista.
Vamos em frente e por mim, não tocamos mais nesse assunto, ok?
Se quiseres me responder, ficarei feliz em saber que não há nenhuma mágoa.
Beijos, amada e ótimo domingo!
Meri, sou pávio curtíssimo e não é à toa que o nome do blog é Pimentinha Brasileira. kkkkkkk Continuarei na luta pelos animais.
Beeeeijos!

SONINHA disse...

Agradeço imensamente a todas as amigas que participaram deste "debate". Afinal, ter blogs não é só postar poesias e encher de figurinhas bonitas. Trocar ideias, concordar, discordar, discutir, apimentar... faz parte!
Amei a participação de todas até aqui. Obrigada!!!
Beijocas, gurias!

angela vasconcelos disse...

Oi querida! Fazem 3 anos que parei de consumir carnes, consumo ovos, mas foi gradativa minha mudança de hábito, são vários os motivos, não gosto de tentar fazer a cabeça das pessoas, falo apenas por min,bjinhos.

Meri Pellens disse...

Querida amiga, como disse lá no FB, repito aqui, sempre quis e ainda lhe quero muito bem de verdade, e sei que é recíproco de sua parte. Neste ponto do nosso caminho nos desentendemos, e aqui quero por um fim nisso pedindo-lhe desculpas se fui intolerante e agressiva. Quis apenas expor meu pensamento e às vezes as palavras saem e não tomamos conta da extensão do estrago que pode levar magoando os outros. Peço desculpas. Se vc é pavio curto, eu sou o dobro rs... Enfim, melhor que discutir é se entender e conservar a paz e a amizade.
Beijinho, minha querida.

Toninhobira disse...

Um assunto muito polemico mesmo minha amiga.Já estava com saudades.Acho que é mesmo cultural, pois depois de longo tempo nesta cultura de comer carne, não vamos mudar da noite para o dia.Mas aprovo as bandeiras em favor destes sem o radicalismo é claro.
Um abração saudoso.
Beijo e bela semana a voce.

Ângela Coelho disse...

Este assunto é apimentadíssimo! Existem pessoas que não comem ovos, nem tomam leite, ou outros derivados da vaca. Considero um radicalismo se quiserem fazer a minha cabeça, pois como carne, legumes, tomo leite e adoro os animais. Respeito a tua idéia e gostaria de ter a tua atitude, mas a minha evolução não está tão adiantada.
Beijos e continue dando tua opinião.

Mari disse...

Bom dia amiga Soninha!

Amo os animais, não suporto ver um animal sofrendo ou abandonado, choro sempre que vejo isso. Infelizmente, ainda consumo carne, mas de uns tempos pra cá tenho pensado muito sobre isso. Estou tentando diminuir, substituir por outros alimentos...
Sei que cada um terá o seu momento de evoluir e não presisar mais comer os nossos irmãozinhos menores, afinal, a nossa nissão é protege-los e não come-los. Mas às vezes isso leva tempo...
Tenha um semana maravilhosa!

Beijinhos!♥

Mimirabolante disse...

aos pouqinhos tenho deixado de comer carne....nada de forma radical,uma troca saudável pelas frutas,legumes,etc.....

Evite as drogas!

Evite as drogas!
Não fume!!!

Ajude a divulgar: os animais agradecem!

create your own banner at mybannermaker.com!

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!