Seguidores da Pimentinha Brasileira:

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Bolsa Família e os miseráveis com celular


De: Ucho Haddad – Para: Dilma Rousseff  

 

Assunto: Bolsa Família e os miseráveis com celular

 

(*) Ucho Haddad



Dilma, você realmente aprendeu as lições de como ser chefe de Estado em um país onde a massa ignara é imensa.
Qualquer mentira lançada ao ar é facilmente assimilada sem muitas contestações, pois os que não pensam são recompensados com esmolas sociais, enquanto os que pensam são acusados de golpistas. Assim, Dilma, é muito fácil dar um golpe e transformar o Brasil no que os comunistas contemporâneos costumam chamar de “ditadura ideal”, se é que um regime de exceção pode ser assim classificado.
Com o projeto de reeleição decorando a sua atuação como presidente, você, Dilma, está cada vez mais teatral. E confesso que a sua vocação para o drama chega a comover diretores de novelas mexicanas, de tão fajuto que é seu desempenho. Possivelmente dentro de alguns anos até o seu neto não acreditará nos seus discursos rocambolescos, que por enquanto passam despercebidos apenas no jardim da infância.
No seu lugar, Dilma, teria tomado doses extras de cuidado antes de fazer comentários sobre a epopeia em que se transformou a falsa notícia sobre o fim do Bolsa Família. Em Pernambuco, você afirmou que o boato, que levou milhares de beneficiários aos terminais eletrônicos da Caixa no final de semana, é “desumano” e “criminoso”.
Cá estou a pensar sobre qual tema tratarei primeiro, mas creio que a ordem dos fatores não alterará o produto. Até porque, jamais se viu uma máscara cair de forma tão inesperada e verdadeira. Veja bem, Dilma: nos últimos anos você tem insistido no discurso de que o Bolsa Família tem como objetivo tirar as pessoas da miséria. Algo que combina com o bravateiro slogan do seu governo: “País rico é país sem pobreza”. Tão óbvio quanto dizer que o frio é ausência de calor ou, então, que a escuridão é provocada pela falta de luz. E quando o assunto é ausência de luz você é a primeira a ser lembrada.
Pelas imagens divulgadas na imprensa, quem correu aos caixas eletrônicos para sacar a esmola oficial está a anos-luz da miséria.
 São tantos os detalhes que desmontam a farsa montada pelo PT, que é melhor não enumerá-las. O único comentário, para ser econômico, é que há no Brasil milhões de miseráveis como os que foram sacar o pagamento extra do Bolsa Família. Na cidade de São Paulo, por exemplo, milhares usam o Bolsa Família como desculpa para o ócio. Eis o legado que o PT está deixando às futuras gerações: uma legião de indolentes que se acostumaram com o financiamento do Estado.
Dilma, não há mais como negar que o Bolsa Família mantém um obediente curral eleitoral. Em outras palavras, o PT arrumou um jeito de comprar votos de eleitores desavisados utilizando o suado dinheiro do contribuinte, como se o Brasil fosse uma nação sem leis.
 A cena das pessoas se amontoando diante dos caixas eletrônicos trouxe à memória a imagem de Lula, ainda na oposição, acusando FHC de fisgar os eleitores pelo estômago com essas esmolas sociais. Sendo assim, peço que explique o que representa essa operação criminosa do PT palaciano. Pronto, pelo menos um tema já abordei. O lado criminoso do Bolsa Família.
Muito se fala que a investigação de qualquer escândalo com a chancela do PT precisa não apenas de provas documentais, mas de imagens. E as imagens já existem e ganharam o Brasil. O pior, Dilma, é que contestá-las tornou-se missão impossível. Ouso afirmar que essa difícil tarefa caberia ao seu antecessor, Lula, que nada poderá fazer no momento em razão da fuga que empreende há meses para evitar explicações sobre o Rosegate, episódio de corrupção explicita protagonizado pela namorada do messiânico Lula, a Marquesa de Garanhuns.
Como já abordei o lado criminoso do Bolsa Família, agora falta o “desumano”. Desumanidade é algo que vocês, petistas, praticam com invejável destreza. E o fazem com tanta intimidade, que quem desconhece a peçonha do seu partido acredita que vocês, Dilma, são todos bem intencionados, não sem antes serem incompreendidos pelas “elites”.
Pois bem, Dilma, passemos de fato o viés desumano da ópera bufa do final de semana. A desumanidade foi cometida não contra os beneficiários do programa eleitoreiro, mas, sim, contra aqueles que o financiam. Ou seja, contra aqueles que não votaram em você e muito menos no embusteiro Lula.
O mundo inteiro já sabe que o PT é uma vasta reunião de herdeiros de Aladim e descendentes de Messias, o que garante a você, Dilma, o direito de faltar com a verdade e afirmar que no Brasil há golpistas de plantão. E golpista é aquele que pensa com doses mínimas de coerência e lógica, discordando do vasto picadeiro que os petistas montaram a partir do Palácio do Planalto.
Ninguém chega à presidência de um país, por pior e mais desorganizado que seja, na esteira da idiotia. E de tola, Dilma, você nada tem, apesar de vez por outra se fazer de desentendida. Você de fato acredita que os brasileiros do Bolsa Família são miseráveis e precisam da esmola do governo? Em caso afirmativo, a mim resta reconhecer que vocês, magnânimos salvadores da humanidade, criaram sem avisar a miséria “high tech”.
Afinal, nas primeiras explicações oficiais sobre o imbróglio seus estafetas foram claros ao afirmar que os inscritos no programa poderiam buscar informações na internet e que também seriam avisados por meio de SMS.

Dilma, que raio de miserável é esse que vocês petistas inventaram? Miserável com celular e internet?
É verdade que os “companheiros” estão firmes e fortes, “pero no mucho”, no projeto do golpe, mas tudo tem limites. Esse ideário golpista só prosperou porque o brasileiro é acomodado e se acostumou a fazer oposição de controle remoto, mas não queiram chamar todos os nativos de imbecis, porque a coisa pode ficar feia para o seu lado.

Dilma, aconselhe seus obedientes comandados a deixarem de lado o oportunismo barato, pois por enquanto caiu apenas a primeira máscara. Se prevalecer o efeito dominó, o seu carnaval político rapidamente se transformará em malhação de Judas.


3 comentários:

marciagrega disse...

Estou realmente enojada de tudo isto!
Mas os maiores culpados desta situação são os eleitores, incautos, ignorantes, ególatras e esperando sempre uma oportunidade para se darem bem na vida, sem qualquer esforço...Esta no DNA do povão...

Anne Lieri disse...

Soninha,um artigo excelente e que explica bem o que não entendemos das armadilhas desse governo!Confesso que ando dasacreditada de política!bjs,

MARILENE disse...

Há muito que nem trabalham para gozar dos benefícios sociais, enquanto temos que batalhar, sem cessar. Bjs.

Evite as drogas!

Evite as drogas!
Não fume!!!

Ajude a divulgar: os animais agradecem!

create your own banner at mybannermaker.com!

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!