Seguidores da Pimentinha Brasileira:

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

CHEGA DE CORRUPÇÃO, CHEGA DE IMPUNIDADE


O país não pode mais aceitar tantos desmandos. Basta de tolerância e conivência com os reiterados saques aos cofres públicos por falta de controle e punição.

Já não há mais dúvidas de que o escândalo da Petrobras é um dos maiores, senão o maior, da história do país _ e compromete inquestionavelmente dezenas de dirigentes e executivos de empreiteiras, servidores e diretores da estatal, políticos de diversos partidos e governantes no desvio de recursos bilionários. O que já se pode antecipar, enquanto avançam as operações da Polícia Federal, é que será um teste de fogo para as instituições democráticas do país. Aos brasileiros _ estarrecidos diante dos desdobramentos do que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chamou de “rastilho de pólvora” das delações premiadas _, resta torcer para essa operação marcar de fato o fim da impunidade. Mas é importante ficar atento também ao descaso reiterado de autoridades, que permitiram os desmandos por tantos anos, a começar pela presidência da República. Esse tipo de comportamento tolerante, característico também da gestão anterior, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ajuda a explicar a resistência da corrupção.
Diante da inevitável indignação popular provocada pelo caso, não basta a presidente Dilma Rousseff alegar que a investigação vai mudar o país para sempre, pelo fato de se estender também aos corruptores. A presidente da República está devendo à nação uma prestação de contas mais clara e mais convincente sobre os desmandos na estatal. Acima de tudo, deve resposta a uma pergunta que os brasileiros preocupados com seu país e com o futuro de sua maior empresa não têm como evitar: por que o Planalto não fiscalizou seus subordinados a tempo de evitar os danos continuados?
A falta do empenho necessário na luta contra esse mal acaba se disseminando a outras áreas. Só agora, a presidente da Petrobras, Graça Foster, anuncia a intenção de criar uma diretoria com o objetivo de aumentar o controle sobre os acordos fechados pela estatal. Se as fraudes se estendiam há tanto tempo, por que deixar que isso ocorra só depois de um constrangedor adiamento do balanço contábil da empresa, frente às evidências de um esquema superior até mesmo ao mensalão em suas entranhas? E como entender o papel do Congresso que, diante da iminência de ver muitos de seus integrantes favorecidos pelo desvio de recursos, limitou-se a aprovar duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), com pouca ou nenhuma contribuição para o esclarecimento dos fatos?
O país não pode mais aceitar tantos desmandos. Basta de tolerância e conivência com os reiterados saques aos cofres públicos por falta de controle e punição.

Daqui:



4 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Sônia
O problema é nossos governantes perderam a vergonha na cara, e acreditando que o povo brasileiro é pacato, não se preocupam em dar satisfações.
Bjux

Toninho disse...

Quanto custa esta tal da decência que estes políticos não tem.
A usura desta gente já deixou de ser um aleijão e virou zombaria de nossa cara.
Um colega meu diz, que para o crime de corrupção deveria haver paredão.
Mas os corruptos pagariam as balas,rsrs.
Eu sinto vergonha de ver como eles roubam e roubam e o código penal os protege.

Abraços amiga.
Beijos

Uouo Uo disse...

thank you

سعودي اوتو

Uouo Uo disse...

thx

كشف تسربات المياة
غسيل خزانات
شركة نظافة عامة

Evite as drogas!

Evite as drogas!
Não fume!!!

Ajude a divulgar: os animais agradecem!

create your own banner at mybannermaker.com!

Clique na imagem e...

Conheça meu blog divulgador!